...e esgravata.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

sexta-feira, 22h:00m, teatro miguel franco, leiria.






















Klimt_______________________________________________Schiele.


Trazia hálito etílico, cabelo em chamas, voz de arranhar os céus, cara cheia, cintinlante de tão pálida como a lua.
No morango dos lábios promessas de bloody marys foram sorvidas. noite flamejante de bafo quente à sombra
de um sol sustenido conjugada no feminino. de ontem p/ hoje Babdy Dee em dó maior. assim.


6 comentários:

hferreira disse...

trocava o dó maior pelo sol. Esteve-se maravilhosamente bem a assistir a uma performer brilhante, como o sol de inverno.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

eis o fio de luz, então, em dó maior:

«if you didn't like dark you wouldn't come. i don't like dark but it is in that i find myself».

baby dee, enquanto dedilhava a harpa de linhas douradas e coloridas, descalça das doc. martens, com meinhas às riscas cor da cinza.

...como o sol de inverso, bien sûr.

**teus.

Kika V. disse...

Seu blog é um dos melhores e mais bonitos que já visitei! Seus textos são ótimos, suas imagens também. Parabéns!
Adorei ter esbarrado aqui por acaso!

jaz.mim_tu... aqui. disse...

...

bom dia, kika...
acordar assim, com as suas palavras pelas manhã é impossível deixar de sorrir o resto do dia!
*merci, merci.

[mimos!]

fiz uma breve incursão pelos seus espaços telefeéricos e fiquei maravilhada pela (mesma) sensibilidade e gostos que partilhamos. comentarei mais logo, combinado?

**seus.

fidalgo disse...

não vi o espectáculo, portanto, apenas por que foi ao "meu" Teatro...obrigado...
mais tarde saberá porquê...

Pela amostra, passarei por cá mais vezes.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

meu deus, mário...
pânico, muito pânico: os nossos caminhos cruzaram-se mesmo!

bem-vindo,

;)

lara tenreiro.

jaz.mim_tu... aqui, deixara de o ser.

à espreita de fa|c|to & gravata.

Seguidores