...e esgravata.

terça-feira, 29 de abril de 2008

_________________________ ânimo.



"Pas de Deux", 1968
Norman MacLaren




"Spook Sport", 1940
Norman MacLaren

38 comentários:

Nuno disse...

Muito bonito o seu "Pas de deux".

Cumprimentos.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

...

...

infelizmente não é da minha autoria.

de qualquer das formas, "merci"!

;)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

olhe..., peço desculpa pela confusão/troca de identidade de há dias...

Anônimo disse...

Qual troca de identidade ?

jaz.mim_tu... aqui. disse...

uff... que alívio.. não se apercebeu... uff. sinto-me aliviada!


há uns diazitos atrás pensei que o nuno fosse uma amigo meu, de outras paragens...

pronto. esqueça, então!

:)

[gostei imenso da aprecição que fez às fotografias!]

Nuno disse...

Creio que já lhe tinha dito que não nos conhecemos pessoalmente.

Agora, se me definir "outras paragens" talvez a possa esclarecer "melhorzito". :)

Quanto ao comentário da fotografia, posso-lhe perguntar porquê é que gostou ?

Anônimo disse...

E permita-me corrigi-la lara, eu não sou uma, sou um, como já lhe disse..

jaz.mim_tu... aqui. disse...

:)

-... também se pode travar conhecimento de uma forma impessoal...

-"outras paragens": faculdade, encontros circunstanciais, blogues [embora raramente comente...]

- gostei imenso da leitura que fez, que, confesso, anda muito próxima da minha...

- já agora, recordo-me que me disse, após visitar o mu_cybershOot_me, houve músicas que o "tocaram". na altura não me manifestei sobre esse assunto, mas achei muito bonito... se não se importar.. pode dizer-me qual foi...?

jaz.mim_tu... aqui. disse...

eu sei nuno!

foi um errozito, sem género!


;)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

acontece...

Anônimo disse...

Quanto ao comentário perguntava-lhe exactamente a sua opinião sobre o "assunto". Quanto à música não me lembro de ter dito que tinha sido "tocado", antes, "que nos tinhamos cruzado "pontualmente" pela música. Claro que "aqui" o "tocado" dependeria da "definição" que lhe déssemos.

;)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

como já reparou.. eu hoje "não dou uma p'rá a caixa". então, para evitar disparates de maior monta, explicarei o tal "assunto" mais logo, ou amanhã se assim o desejar. mas já agora, se me permite... mas ao referir a «dissolução do próprio "interdito"», estaria a reportar-se à interdição do meu "eu"...

e, perdoe-me a minha ignorância, mas não consegui descortinar o significado da seguinte expressão: «fica a indicação, o apontar do "bicho"». "o apontar do bicho "... bicho ?? "bicho da terra tão pequeno...", será...?

desculpe, mas efectivamente não percebi...:(

podia esclarecer-me... ;)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

uma questão: o nuno não recebe a notificação dos comentários dos posts em que comenta...? então, se recebe, é porque já tomou conhecimento das minhas considerações [pessoais] sobre a pietà da fotografia.

sim, eu já desenvolvei o "assunto". no entanto, assim que me dei conta do equívoco de identidade, apaguei de imediato.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

...

...

;)

Anônimo disse...

O "bicho" é o interdito (inter dito), ou seja ; a "figura", sistemática, que, sempre, fica a "pairar", a funcionar, entre o que é dito dos dois "pólos" da linguagem. Mas creio que me adianto ao seu comentário ..

Não a considero, de todo, ignorante, antes culta e muito simpática.

...

Nuno disse...

Não recebo de facto. Agora que reparo que a lara não exibe todos os comentários, reparo, como foi o caso do anterior e será, possívelmente, o caso deste. :)

Anônimo disse...

Peço desculpa pelo comentário anterior de todo descabido em face da evidência.

Anônimo disse...

De qualquer forma gostava muito de saber a sua opinião sobre o assunto.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

ah! muito obrigada! já percebi!! a sério, o "bicho" tinha ficado a martelar na minha cabecita.

mas, nuno... acredite em mim: posso ser tudo, menos "culta". não sou nada. nada. nada. culta. serei eternamente "gauche" e sentir-me-ei eternamente deslocada e desajustada. por isso, eternamente ignorante. vivo da dúvida e para a dúvida. a sério. de mim só saem dúvidas e mais dúvidas. ignorância.

assumidamente ignorante. por isso raramente vejo aquilo que a maioria vê, atinge, ou percepciona...

quanto ao simpática... há que diga que sim ;), [ acho que é intrínseco. não nem é artificiosa nem construída].

nuno disse...

Reparo que o meu comentário sobre o "bicho e o in. ter. dito. foi enviado como anónimo, peço-lhe desculpa lara.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

olhe nuno, eu sou normal... não sou é formatada, percebes...?

nuno disse...

Creio, lara, que partilhamos a "verdadeira atitude cultural". ;)

nuno disse...

Sim, percebo, ou gostaria de perceber. :)

...

jaz.mim_tu... aqui. disse...

creio que partilhamos a mesmo postura... perante a vida, talvez, e não apenas cultural... a cultura é apenas uma das ramificações da vida...

hum... não me percebeu então. :)
não sou "formatada" em termos de mentalidade e comportamento. isto é, não consumo, ou não tenho uma atitude passiva, impávida e serena face ao passa diante dos meus olhos... abomino os "opinion makers", sou muito desconfiada, sabe...coisa de mulheres...:D

nuno disse...

Deixemos a "cultura" então, "ela" que se funcione sózinha com os seus "opinion makers" boçais.

Quanto às "coisas de mulheres" é assunto que me interessa .. não sei é o que será ":D" (alguma "fratria" ?)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

é que a generalidade é mesmo, realmente, boçal.

não, não tem nada a ver com a fratria, tem a ver com a sensiblidade feminina de que poucos homens gozam.

os grandes génios do conhecimento são desconfiados!

jaz.mim_tu... aqui. disse...

mas eu sou "génio".

sou mulher, feminina, e tenho alguma sensibilidade.

está a ver, nem todos os silogismos permitem deduzir uma conclusão "certa". ou acertada.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

mas acredite nuno: os Homens, mesmo homens, à séria!, são os que não se coíbem de semear sensibilidade feminina em cada gesto. sem terem vergonha de o demonstrar!

jaz.mim_tu... aqui. disse...

ai que eu me enganei! que horror!

eu NÃO sou génio! não sou!!

esqueci-me do "não" :/

jaz.mim_tu... aqui. disse...

enquanto que as mulheres, as Grandes, mulheres, são aquelas que têm "pêlo nas ventas"...:D

jaz.mim_tu... aqui. disse...

"coisas de mulheres": é o facto da teimosia, do ser desconfiada, do viver pelas suposições, do ser insatisfeita, do ser insaciável, do ser complicada, do ser complexa, do sentir-se incompreendida, do ser ciumenta, do ser tremendamente insegura, do ser complicada... do ser sagaz, do ser, atrevido, do ser emocional, do ser racional, do ser ultra-irracional, do ser tudo. desculpe, mas as mulheres são o ser mais forte.

;)

jaz.mim_tu... aqui. disse...

porque são também as mais frágeis...

jaz.mim_tu... aqui. disse...

ai desulpe-me, mss às vezes perco as estribeiras e excedo-me... perdão.

nuno disse...

Sabes, lara, "certo" e "acertado" são apenas palavras, valem o que valem no momento ; quanto às "grandes mulheres", concordo inteiramente, a sério, digo mais, são as únicas verdadeiramente interessantes.

...

nuno disse...

Não me peça desculpa por ser mulher lara.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

tive que me ausentar...

já regressei...

pois, tem razão... teoricamente palavras são apenas palavras, mas comigo passa-se exactamente o contrário: esqueço mais rapidamente dos gestos do que das palavras que me são ou foram proferidas...

sou mesmo uma "figura do avesso" :/

nuno disse...

Com grande pena minha sou eu que agora tenho de me ausentar, espero poder continuar a conversa noutro dia ...

...

jaz.mim_tu... aqui. disse...

passou-se agora mesmo uma coisa muito estranha: só agora é que fui notificada de comentários seus antigos... não percebo nada disto :/

fique bem, nuno!

e bom feriado!

armário.roupeiro: cabides.

jaz.mim_tu... aqui, deixara de o ser.

à espreita de fa|c|to & gravata.

Seguidores