...e esgravata.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

p/ a minha caríssima dália lourenço, com carinho e muita ternura*:

























.
.
"L. Lamp";

Kristine Stoversten.































.
.
"Transglass mirror";
Ord boontje & Emma Woffenden.

Guatemala mix.conscience driven production.tomorrow mirrors//.




















.
.
"Magnetic curtain - simply magnetic frames adorn my window crumple beauty";

Florian Kräeutli.


«tão bonito...primoroso...»



+objectos de desejo no sítio de sempre: aqui.

[se não lhe agradar pode devolver à procedência, sem constrangimento. a gerência agradece e reza p/ que tal aconteça...]
.
.

[*]queria rechear o título de adjectivos, mas como sei que abominas adjectivos,
"pronto"... fui poupadinha em matéria de adjectivos dispendiosos, minha cara, diva de Saint Laurent.

5 comentários:

Dali disse...

Tão bonito! Primoroso! Soberbo!

Porque é, e porque sei que gostas de utilizar 3 adjectivos seguidos! (é a conta que Deus fez!)

Obrigado amora silvestre! As nossas diferenças completam-nos!

****doces

jaz.mim_tu... aqui. disse...

...
bem, vamos lá ao que [realmente me]interessa: aceitas, ou não aceitas as prenduxas? é que já estou com o mítico e bom-amigo black & decker em punho, prontinho para furar a ávida paredezinha que chama por mim... - vá lá, vá lá, diz-me que vais recusar, ó pá vá lá, vá lá...

...

amoro-te muito.
...
é bem verdade, completamo-nos, nós, as três, curiosamente, a conta que deus fez: lésTricas... ai este nosso deus, grande marotinho...

;)

***teus:doces-dulcíssimos-docinhos.

avant-guarda disse...

Eu juro que um dia destes perco a cabeça e arrisco-me a tentar fazer uma cortina magnética como essa!

E a primeira imagem daquela coisa que serve para adornar e esconder lâmpadas também me pareceu muito jeitosa...

Bem, pelo menos a verificação de palavras voltou ao seu estado normal após ter causado um certo rubor de indignação e choque nas minhas faces (tão pura que ela é!)quando me obrigou a ler e a reproduzir (!) aquela obscenidade que me recuso a escrever aqui.

O mundo é, de novo, seguro.

**** com língua, uma coisa à grande e à francesa!

jaz.mim_tu... aqui. disse...

welcome back to the "brave new [and safety] world"... e "tão pura pura & casta que ela é"... confesso que a verificação de palavras também me deixou deveras incomodada, causando-me um certo espanto e indignação que tal como a ti, também o rubor da minha cara não conseguiram esconder o estado de ebulição fervilhante em que fiquei quando me disseste, "mas que raio...olha, olha!", e sim, envergonhou-me, imenso: "olha, olha", pensava eu outra vez, sem conseguir exprimir qualquer palavra..."olha, olha"...


...

enfim, adiante: também queria tanto ter uns cortinados daqueles, mas de certo que durariam pouco tempo em minha casa, pelo menos no seu estado intacto, na medida em que me daria vontade de mexer, e mexer...de brincar, e brincar... sem nunca parar - são mesmo atraentes! magnéticos!; em relação "àquela coisa", que parece um móbil luminoso de folhinhas, ...confesso que fiquei apaixonada, não me parece ser "coisa" difícil de reproduzir ;), queres "tentar comigo"? assim, se nos descobrirem dividimos a pena/culpa e sempre se torna menos penoso/gravosa.

...

***teus, nossos, com língua, à francesa-com-biquinho-e-tudo-mais,e com cabelos-&-buço à portuguesa à mistura, sim, preciso de ir à esteticista amanhã urgently,.. sim tudo, tudinho "à grande" e "à tudo", menos à tailandesa... hum, bolas de ping-pong no me piacce... mas se for do teu agrado, uma vez por outra... por ti, faço esse jeitinho...

[depois deste comentário, quero ver o que me estará reservado no "bendito santo veredito" da verificação de palavras! ai quero, quero...]

jaz.mim_tu... aqui. disse...

xiii, comentário sucinto este!
perco-me contigo!

armário.roupeiro: cabides.

jaz.mim_tu... aqui, deixara de o ser.

à espreita de fa|c|to & gravata.

Seguidores