...e esgravata.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

giotto, duccio e cimabue moram aqui.

















































































































































sobre a vontade errante de descobrir a "coisa-em-si"*.


[*] expressão c/ direito de autor: Schopenhauer.



4 comentários:

teresa disse...

Rainbowarriooooooor :P

joão disse...

Sombreado excessivamente analógico para o meu gosto, devo dizer. E o último rabisco impossibilita uma eventual leitura, mais séria, do conjunto de fotografias.

Beijos.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

- teresa, meu doce encanto...

- joão, joão, joão, joão... começo pelo fim, pela melhor parte: "beijinhos" para ti também (já tos tinha deixado no comentário precedente); "o último rabisco", que não é "rabisco", foi propositado, that's the point my dear, adoro destruir "leituras" óbvias; quanto ao "analógico", que não é analógico, é virtual, considerei um elogio, "devo dizer" :D; quanto ao sombreado, não é sombreado, são silhuetas, ou auréolas, como queiras... e agora ficaria aaqui um bom par de horas a explicar-te aquilo que eu não gosto e recuso terminantemente que seja explicado.

talvez amanhã acrescente qualquer coisa,hoje é que não, regresso de umas mini-férias e sinto-me cansadérrima... :P

*** vossos.

jaz.mim_tu... aqui. disse...

[que melga, joão...]

armário.roupeiro: cabides.

jaz.mim_tu... aqui, deixara de o ser.

à espreita de fa|c|to & gravata.

Seguidores